Down in Mexico

Publicado: agosto 13, 2015 em Contos
Tags:

Tinha aquela coisa de balançar o corpo só em trilha sonora de Quentin Tarantino.

Quadril, pernas, mindinho. Era a única garota que conheci que conseguia balançar o dedo pequeno.

Procurei-a em bares e cigarros, mas Jonas sempre me dizia: Cara, ela era fantástica.

Cruzei mares gritando Sereia, com esperanças de achá-la em conchas raras.

Nem o hálito me recordo mais, só sei que…

quando escuto a trilha sonora de Death Proof eu balanço meu quadril, mas meu mindinho não se move por saudade.

0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s