O homem de corações

Publicado: junho 28, 2012 em Contos
Tags:

Tenho cinco corações. Um para cada dia. No fim de semana eu vago sem eles. É engraçado não sentir nada sábado e domingo. Vou andando pelas ruas e tem um buraco lá no meio que nem dói nem nada. Atravesso ventos, areia e tempestades. E lá estou. Em pé, deitado, caindo. Meu médico disse que não posso abusar do não uso, mas de que vale a vida se não for vivida?

Não me faz falta um coração. Além disso, é mais fácil de se conseguir carona. Fico lá com o dedo para estrada, o buraco assobiando em meu corpo e sempre alguém estaciona curioso com o barulho que sai de mim.

– Não tenho um coração, posso seguir com você? – digo.

Recebo as respostas mais extraordinárias possíveis desde “Que encantador” até “Então, nunca havia cruzado com um alienígena”. Descobri que todo ser humano usa da compaixão se balançarmos a cabeça afirmando. Deixo o motorista falando de sua vida com coração pulsante e abro a palma de minha mão para deixar o ar passar pela janela de seu carro.

Queria ter coragem grande de dizer “Arranca os corações para sempre”, mas ainda tenho um cadinho de receio. Vai que eu seja eternamente feliz? Com certeza iam me matar. E meu médico ia perder sua função no mundo. Gosto dele, é um cara legal. Não quero que perca o emprego assim do nada.

Anúncios
comentários
  1. Gostei do seu blog e adorei esse texto. Quando eu me pego rindo enquanto leio isso é o meu identificador de que gostei muito. Eu me pegava rindo até de filosofia alemã quando achava interessante. Eu ri nesse texto. É raro rir de verdade ultimamente, sabe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s