Um amor de monstro

Publicado: junho 19, 2012 em Contos
Tags:,

Sempre tive interesse em monstros. Mas nunca ia imaginar que um deles ia bater em minha porta com uma placa de madeira “Alimente-me. Não te como”.

O monstro da minha vida apareceu em uma terça-feira de vento sudoeste, com as cores desbotadas implorando-me:

– Eu não quero me apaixonar.

Era um monstro grande e com hálito de monstro, presas de monstro e olhos de monstro.

– Eu também não, falei.

Abri a porta e ele ficou em minha sala. Era grande mesmo, quase acabou com meu sofá de quatro lugares.

– Vou sentar no chão, ele disse.

– Melhor, retruquei.

O monstro com a placa pediu chocolate e eu só pude dar Nescau. Trouxe como tentativa de agrado umas batatinhas desidratadas, mas acho que ele esperava um banquete de boas vindas, mas eu estava no fim do mês e só tinha resto de coisa que não gostava de comer.

– Você não teria bananas?

Monstros comiam bananas? pensei…

– Não. Só faço feira em dias ímpares.

O Monstro começou a chorar. Eu teria minha sala lavada enfim.

– Não chore.

– Não sei o que fazer. Ninguém mais acredita em monstros. E se ninguém mais acredita em monstros, não posso voltar para casa e se não posso voltar para casa, nunca nunca irei parar de me apaixonar.

Tive pena de ver um monstro com coração amassado. Passei a mão sobre seu ombro grosso e bruto.

– Acontece.

O monstro tinha olhos pequenos e tortos.

– Você teria por acaso manteiga?

Sorri. Tinha certeza que aquele monstro queria me contar sua história. Eu não ia dormir nem tão cedo. Ainda bem que há sempre ovos no fim da geladeira.

Anúncios
comentários
  1. nizerff disse:

    Que lindo!!! AMEI!!! Queria ver a continuação!!!

    Flights and Dreams

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s