O pedaço da parte

Publicado: dezembro 13, 2011 em Contos

Um abraço gordo

Desses que lembram algodão

Pra viagem,

Pra ver estrelas

Misturadas com respostas debaixo das sobrancelhas.

Um abraço fino

Desses que lembram papel dobrado

Pra ver como luneta,

Cheio de linhas e pautas

E espaços em branco pra se desenhar caricatura.

Um compasso de abraço

Desses que se consome em açougue ou padaria

Embrulhado em papel de pão ou sacola plástica

Que se leva debaixo do sovaco como bisnaga francesa.

Alguém para anotar o que se faz quando acontecem as coisas da vida.

Ninguém pra gritar pra fora o que o pensamento enrola pra dentro em caracol.

Uma pinta pra enfeitar o dedo

E cutículas levantadas para mostrar unha.

Meu pé está em curva.

Lá em baixo.

Aqui em guitarra.

E hoje em si.

Se me der um olho novo eu carrego todo esse caminho pra casa.

Ass.: O Tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s