Palha italiana

Publicado: abril 18, 2011 em Contos

Coletava cabelos soltos porque gostava do movimento que traz. Guardava barulhinhos feitos pela garganta e boca quando a folha cai. Suspendia tempo ao ver a nuvem passar. A direção vinha aos pouquinhos. Vinha ao escutar a areia que se espalha em capacho e chinelo. Vinha em respiros pelos batentes de portas e janelas com poeira fina. A direção enrolava-se em arame de caderno. Com linha, espaço branco e capa. A direção tinha temperatura e destino. Ponto de palha italiana. Era feita de coisas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s