Reparo, conserto ou qualquer coisa remendada

Publicado: fevereiro 16, 2011 em Contos

O homem desesperado se machucou por hoje. Cortou um pedaço do cotovelo. Tentou costurar com agulha e linha de consultório odontológico, mas todo mundo falou que o pus iria embora de qualquer forma. Com ou sem reparo.

O homem desesperado se machucou por hoje. Tentou remédios de valor genérico, tentou dobrar os pelos com folhas de papel depilatório, mas todo mundo disse que o sangue escoaria de qualquer forma. Com ou sem reparo.

O homem desesperado se machucou por hoje. Tentou chupar a água que escorria, tentou beijos que saram de estranhos das esquinas, tentou colocar oxigênio sobre o caminho da ferida, mas todo mundo gritou tanto faz de qualquer forma.

Ele se perguntou por que sempre tem alguém que sabe de alguma coisa. Pois ele ficou parado lá sem fazer nada e uma casquinha surgiu em meio a micróbios saudáveis que faziam bem ao funcionamento do estômago. Descobriu olhando para o teto que ser sábio não era nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s