Papel de luz

Publicado: fevereiro 10, 2011 em Das coisas que se aprende

Como meu amigo vampiro diz: “Cansei dessa luz plana na minha cara”.

Anúncios
comentários
  1. você abre buracos negros excitantes na luz plana! E eles não sugam você, eles cospem o infinito pra fora! Em vez da gente sumir pra dentro a gente se multiplica pra fora, é assim que se perde-se!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s