Digite o título aqui

Publicado: janeiro 18, 2011 em Contos
Tags:, ,

Raízes, brotos e sementinhas por cima. Os dois achavam a humanidade idiota. Cansativa, previsível, transparente com todas suas cápsulas de sentidos bons e maus. Com todas suas regras sociais em categorias.

Enquanto a água entupia os cabelos do tanque e enchia o chão do cômodo, ela deitou com nariz para baixo. Queria afogar-se. Ele disse que já sabia daquilo tudo e ela pensou ‘Palmito na pizza integral com tomate seco poderia libertar minha dor de cabeça’. Mas ela não sabia cozinhar, então achou melhor morrer com sabão líquido em conta gotas.

Ele não foi ao enterro. Queria uma montanha-russa para amolecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s