O tocador de aúdio

Publicado: dezembro 6, 2010 em Contos

Seu destino era alugar uma casa, conhecer as pessoas, colocar adesivos nos ombros delas, ver crescer cabelos, aparar unhas, coçar umbigos e quando estivesse mais que acostumado com as gorduras das batatas das pernas, ter que ir embora, pois humanos têm tornozelos e tornozelos fazem caminhos em sentidos opostos. Aí ele tinha que fazer as malas, apagar todas as músicas que trouxessem lembranças e ir embora de vez. No caminho, pelo menos, ele sempre ganhava um Ipod novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s