O país de Guanira

Publicado: novembro 3, 2010 em Contos

O país de Guanira era do tamanho de um dedo. Havia facções, armas, política e arte social misturada com cultura de massa. Mas quando o braço de Caio foi jogado granada acima e os nervos ficaram expostos, ela só lembrou do que havia prometido em uma noite onde nada daquilo importava: ‘Eu ficarei do seu lado, mesmo que você caia ou esteja fora’.

No país pequeno de Guanira nem sempre promessas eram mantidas. Nem sempre corpos ficavam inteiros. Nem sempre palavras eram pra valer. E quando ela viu que o sangue não jorrava, mas empoçava, seus braços ficaram fracos por tremedeira involuntária.

Não havia som porque os estrondos acabaram com a nitidez do barulho. Então, em meio a escombros e um Caio facialmente distorcido, seu cérebro perguntou como seria essa dor muda. Ela não poderia confortar com sílabas, ela não poderia ouvir desconfortos excruciantes. Mas ela podia ver. Não precisava de uma Sociedade para o Estudo da Dor. Ela viu porque o ar cortava o membro exposto dele. Porque o sangue era quente. Porque tinha cheiro. Tinha pigmentação cardíaca. Porque Guanira via curvas expressivas nos olhos dele.

Então ela deu dois passos para trás e quase caiu. ‘Eu ficarei do seu lado, mesmo que você caia ou esteja fora’, ele também dissera. Guanira colocou as duas palmas sobre o chão e expeliu nervosismo pela boca. Caio estava lá, como personagem de filme de guerra. No país pequeno, na terra repartida, nas promessas que saíam por nariz e língua.

Então ela se rastejou e ficou do lado dele. Ele tremia tanto que nem inverno de Gales poderia ser pior. Ela ajeitou o cabelo dele enquanto no céu rajadas cruzavam nuvens paradas. Não havia choros. Não havia silêncio. Mas havia cheiro de pimenta e sangue coagulado.

Anúncios
comentários
  1. Guanira Rodrigues disse:

    Oáá meu nome é Guanira. Ótimo conto!

  2. hannysaraiva disse:

    =D Guanira é muito sonoro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s