João

Publicado: maio 14, 2010 em Contos
Quando João cruzou o céu com seu bote aéreo havia as horas paradas. Elas se espreguiçavam pelo ar como quem tem preguiça em dia de sexta-feira. E havia pizzas e havia conversas sobre o que aconteceria com seu futuro. Mas João não queria saber. Ele cruzava o céu com seu bote aéreo e às vezes abastecia o estômago com nuvens frias. No céu, havia muitas palavras de duas cores. E ele passava o dedo nelas só para se entreter.
Anúncios
comentários
  1. Flor Baez disse:

    João é como você acordou hoje!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s