Pessoas não reais

Publicado: abril 1, 2010 em Contos
Muitas vezes assim ela pensou em picotar o rabo do peixe por vingança. Esticaria e repetiria o movimento algumas milhares de vezes. Ouviria Radiohead até o rabo virar uma mistura de sal com alho industrializado. Depois desligaria o som e deitaria sob a relva até que o peixe voltasse ao aquário nadando livremente. Ele teria que pular, mas como sem rabo? Quinze passos depois, foi até à pedra amolar a faca.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s