Quadrados de papelão

Publicado: março 25, 2010 em Contos
Enquanto os mosquitos picavam sua canela, ele cantarolou rodopiando pelo cômodo 10×10 pensando em todas as possibilidades existentes em um caminho multipolar do mundo multidimensional. Amanhã ele poderia ver todos os seus sonhos espalhados em cartões postais de diversas cores, incluindo aquele de cor de manga. Ele estava feliz por 10 segundos. Havia carimbado dez mil, trezentos e sessenta quadrados de papelão de viagem. Seu dedo estava manchado, mas ele era importante para o planeta. Sua digital haveria de se espalhar pelo mundo, juntamente com a tipografia que não conseguia traduzir pelo dicionário escolar comprado em um sebo: YOU HAVE BEEN DENIED.
Anúncios
comentários
  1. Cara, muito legal, um pequeno post sobre sci-fi. Gostei, espero que tenha continuação essa história até porque essa é a primeira vez que venho e seria um prazer voltar.abraçosss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s