Acessibilidade

Publicado: setembro 25, 2008 em Contos
Olhou atentamente as estrelas e declarou que realmente estava sozinha. Pegou um lenço de papel e escreveu: “Mapa de acessibilidade jogado ao infinito”. Aí usou de seu poder humano, amassou o papel e jogou pra cima. Se ele ficasse no céu estaria errada, mas se retornasse, dali mesmo ela pegaria um foguete e ia tirar satisfação com as estrelas.
Anúncios
comentários
  1. Sensorial, imaginativo, casual… gostei!

  2. Paula Vanessa disse:

    Lindo blog, muito lindo !Bj !

  3. Henrique disse:

    mudou de estilo, isso é seu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s